Arquivo da tag: passeios em Buenos Aires

Táxi, Metrô ou ônibus – escolha seu meio de transporte em Buenos Aires

Táxi, Metrô ou ônibus – escolha seu meio de transporte em Buenos Aires                                                                                                            Após a série de posts sobre Buenos Aires, que você vê aqui, O La Chica de Mochila recebeu algumas perguntas referentes aos melhores meios de transporte na cidade.

Táxi, metrô e ônibus – escolha como circular em Buenos Aires.

Minha primeira opção é sempre caminhar, pois acredito ser a melhor maneira de encontrar locais inusitados, que muitas vezes ficam fora dos guias e acabam se tornando deliciosas descobertas pessoais. Ainda assim, acho útil se informar sobre outras possibilidades para dias em que estamos cansados, quando chove ou mesmo para quem não é tão fã de bater perna. Vamos lá:

TAXI – É o melhor método para quem tem medo de se perder na cidade. Você não fica 5 segundos sem avistar um dos carros amarelos e pretos, disponíveis 24 horas por dia. E o preço da corrida, que deve ser marcado no taxímetro, é super convidativo se comparado às principais capitais brasileiras.

Circulando pelo centro e proximidades, espere gastar cerca de 15 a 20 pesos. Para bairros mais afastados, como La Boca, onde fica o Caminito, calcule por volta de 35 pesos. À noite, os valores ficam ligeiramente mais caros, pois há cobrança de bandeira 2.

Quanto à confiabilidade dos taxistas portenhos, nunca tive problemas. No entanto, acho uma boa pagar com notas baixas, para evitar troco com dinheiro falso. Também recomendo falar seu destino com firmeza, mencionando um ponto de referência certeiro. Isso evita que o motorista opte por um trajeto mais longo.

METRÔ –  Chamado de subte, é uma ótima pedida para quem quer economizar e não se perder. Basta decorar o caminho do metrô mais próximo do hotel para se locomover tranquilamente pela cidade, que tem 5 linhas com 80 estações, muitas delas próximas a pontos turísticos. Além disso, é bacana se misturar a rotina dos moradores, vê-los lendo seus jornais antes de ir ao trabalho e sacar seus modos e costumes.

Ponto alto do subte: Além de ser o meio mais rápido, custa geniais 1,10 pesos (cerca de 0,50 centavos de real). Para evitar filas,  compre bilhetes de 2, 5 e 10 viagens, embora o valor de 1,10 por passagem seja mantido nesse cálculo.

Ponto baixo: assim como nos metrôs do Brasil, os vagões ficam muito cheios na hora do rush, que deve ser evitada pelo viajante que foge de apertos.

Abaixo, o mapa do metrô de Buenos Aires para você ir se familiarizando. Para mais informações, como horário de funcionamento e frequência dos trens, acesse este site.

Mapa do metrô de Buenos Aires – opção barata e prática para o turista.

ÔNIBUS – Conhecido como colectivo, é recomendado para o turista mais descolado, que se vira em espanhol ou é cara de pau no portunhol, como a maioria dos brasileiros. O legal dessa opção é que você vai conhecendo a cidade durante o trajeto, o que não ocorre no metrô. Igualmente econômico, o valor da viagem depende do seu ponto final, mas deve variar entre 1,10 e 1,25 pesos.

Atenção: Não há cobrador. Assim que entrar, você deve depositar em uma máquina o valor informado pelo motorista sempre em moedas. Se houver troco, aguarde. Em seguida, você receberá um comprovante  que deve ser apresentado em caso de fiscalização.

Se animou? Então dá uma olhada nesse post que traz uma sugestão de roteiro para quem tem 3 dias para explorar Buenos Aires.

.
LEIA MAIS:
O que esperar do clima em cada estação do ano em Buenos Aires?
Real, dólar ou peso. Qual moeda levar a Buenos Aires?
Ezeiza ou Aeroparque. Quais as diferenças entre os aeroportos?
Buenos Aires pela primeira vez. O que visitar em 3 dias?
.

Anúncios

Tours em Buenos Aires para fugir do basicão.

Tours em Buenos Aires para fugir do basicão.                                  Sempre fui a teimosa partidária do movimento “conheça a cidade sem pedir ajuda”. Costumava viajar apenas com um mapinha e achava para os “fracos” contratar tours. Até o dia em que percebi que isso era uma grande besteira! O lance é saber quais são os passeios bacanas organizados por agências,  aqueles que tem a sua cara e vão, seguramente, elevar a qualidade da viagem em 1000%.

Tour pelas ruas de Bueno Aires organizado pela graffitimundo.

O mais legal é que hoje em dia existem tours segmentados e customizados, ao invés daquele pesadelo que é um guia gritando que você tem exatos 5 minutos pra conhecer um local e voltar correndo para a van, sabe?

Esses tours ainda tem a vantagem de te aproximar de pessoas que compartilham dos mesmos interesses que você, uma ótima idéia também pra quem viaja sozinho, como geralmente é o meu caso 🙂

Assim sendo, além do passeio pelas milongas, já citado aqui, seguem quatro sugestões temáticas para você considerar em Buenos Aires.

“Yo amo a mi bici.” Um stencil entre os milhares da cidade.

Grafitti Street Art Tour – A arte de rua é parte da identidade de Bs.As., criando  contraste com a tradicional arquitetura européia. O stencil, espécie de fôrma onde se aplica o spray, é a expressão mais notada nos muros e calçadas. Com motivos políticos, futebolísticos, divulgando bandas ou outros serviços, é quase impossível caminhar uma quadra sem notar ao menos um deles. Para saber mais sobre o estilo de street art da cidade, entre em contato com os caras do grafittimundo e percorra a cidade com eles por 90 pesos.

Azul e amarelo, as cores do Boca Juniors.  Ilustração: http://www.bocajuniors.com.ar

Football Experience – A avassaladora paixão dos argentinos pelo futebol pode ser sentida na sua plenitude em um clássico entre Boca Juniors e River Plate. O preço desse tour, que inclui um guia, entrada para o jogo e transporte, acompanha o tamanho da emoção,  variando de 800 a 1600 pesos para a próxima partida entre os clubes, em 15 de maio. Ver um destes times jogar contra rivais menos festejados é mais econômico e sai  por volta de 400 pesos. Confira mais informações em For Rent Argentina.

Tour da Bicicleta Naranja. Conhecer a cidade, interagir com outras pessoas e ainda se exercitar. Tá tudo no pacote!

Buenos Aires Bike Tour – Conhecer a cidade de bici é um passeio bem recomendado, já que as ruas são planas e o trânsito, comparado a outras cidades da América do Sul, organizado. Não existem muitas ciclovias, mas o guia te levará às rotas mais seguras. Opte por explorar os bairros da Recoleta e Palermo por USD36,00 ou percorrer a hermosa periferia da cidade entre o Tigre e San Isidro por USD40,00 na Bike Tours. A La Bicicleta Naranja também te leva para 4 roteiros diferentes por 145 pesos. São eles: al sur, al norte, aristocrático e lagos y bosques. Veja mais no site.

Vista aérea do Palacio Barolo.

Arquitetura de Buenos Aires – Devido à grande leva de imigrantes espanhóis e italianos que recebeu, a cidade é um mix super rico de diversas influências arquitetônicas. Do estilo colonial ao contemporâneo, passando pela art-nouveau e art-decó, há muito a ser visto. O Palácio Barolo, construído em 1922, homenageia a Divina Comédia, de Dante. E este é apenas um dos exemplos a serem conferidos.  Os tours, ao preço de USD92,00, podem ser agendados neste site a partir de duas pessoas.

.

LEIA MAIS:
Buenos Aires pela primeira vez. O que visitar em 3 dias?
Palermo – Por que eu saí do centro para me hospedar lá.
Delta Del Tigre x Colônia Del Sacramento – Qual programa escolher com 1 dia livre em Buenos Aires?  
.