Arquivo da tag: Tienda Palacio

Palermo – Por que eu saí do centro para me hospedar lá.

Palermo – Por que eu saí do centro para me hospedar lá.                  Nas primeiras vezes que fui a Buenos Aires fiquei no centro. A hospedagem por lá, além de farta, é a mais anunciada nas agências e sites especializados. E claro que ficar na Av. de Mayo ou na Calle Paraguay, me deu a sensação positiva de que eu estava com vários cartões postais ao alcance de uma singela caminhada.

Calma Chicha, Papelera Palermo e Divina Bolívia: Um pouco do bairro que me conquistou.

No entanto, desde que conheci Palermo, sempre lamentei não ter conseguido dedicar tempo suficiente a esse bairro charmoso, com pessoas, espaços e ruas com as quais rapidamente me identifiquei. Eis que dessa vez resolvi me aventurar por lá e foi , sem dúvida, uma ótima decisão!

Como mais um estímulo para buscar novos ares na cidade, sou do tipo de viajante que adora caminhar, sem contar que Buenos Aires tem taxi barato, além do metrô que cobre boa parte da minha zona de interesse. 

Eco Pampa: a arte de “viajar barato para viajar mais” com direito a alfajor no café-da-manhã.

Mas voltemos a Palermo. O bairro abrange as sub-áreas Palermo Chico, Palermo Viejo, Palermo Soho, Palermo Hollywood e Las Cañitas. Eu escolhi a vertente “Soho” e, como meu  lema é viajar barato para viajar mais, procurei um hostel bacana na região. Minhas pesquisas me levaram ao Eco Pampa Hostel, uma simpática casa verde limão na bem localizada Guatemala, 4778.

A poucas quadras do metrô Plaza Itália, da Av. Santa Fé e de todo o burburinho de bares e restaurantes, o hostel tem uma decoração vintage bem legal no hall principal, wi-fi, café da manhã completo com direito a alfajores e tudo que eu esperava por 25 reais a noite em uma quarto coletivo com mais 5 garotas – todas viajando sozinhas e felizes (orgulho!).

Evita, Carol (amiga linda que mora em Buenos) e eu na galeria Hollywood in Cambodia.

Além de tudo isso, eu ainda estava do lado:

- Da sempre graciosa Papelera Palermo, que agora está em novo endereço na Cabrera, 5227.

- Da galeria de street art Hollywood in Cambodia , que fica bem atrás do Post Bar na Thames, 1885.

- Do genial El Preferido. Com petiscos incríveis, a casa antigona tem pinta de  armazém descolado na Jorge Luis Borges, 2108.

- Da Helena Resto Bar, na Nicaragua, 4816. Um lugar acolhedor que, além de cappuccino, tostadas e afins traz no cardápio uma salada de salmão, queijo brie e abacate, ainda mais sensacional se acompanhada por uma limonada fresquinha com hortelã.

- Da Divina Bolívia. A loja tem toda uma pegada moderna e traz roupas e objetos originais e  inspiradores na Costa Rica, 4672.

- Da Tienda Palacio. Na Honduras, 5272, você encontra milhares de objetos-desejo, de almofadas a toucas de banho, com um design esperto, divertido e colorido para sua casa.

- Da Calma Chicha . Essa loja, um tanto quanto intrigante, vende dados, bolas de sinuca, pufes de couro, dinossauros de brinquedo e cortinas de box de banheiro, tudo fabricado na argentina. Quer entender melhor? Só indo na Honduras, 4909.

Adorei explorar outra área de Buenos Aires e, na próxima vez, pretendo seguir me afastando do centro e me aproximando do lifestyle portenho que combina mais comigo. No meu moleskine vermelho, onde faço uma espécie de wish list, já estou com o endereço do Hotel Querido, que fica em Villa Crespo e tem entre seus proprietários a Mariana, uma brasileira que escreve no simpático My Villa Crespo . Tá vendo como Bs. As. sempre te dá mais motivos para voltar?

>>> Como albergues em Buenos Aires são muito buscados por viajantes independentes, muitos deles de primeira viagem, indico acessar o Hostelworld para buscar mais opções não só em Palermo Soho, mas em toda a cidade. Neste site, as hospedagens são avaliadas pelos itens aparência, segurança, localização, equipe, diversão e limpeza. Também é possível ver os serviços oferecidos (como café da manhã incluso, toalhas de banho, existência de lockers…), fotos, mapa e indicações para você chegar ao albergue e, o mais importante, resenhas recentes com a opinião de quem se hospedou por lá.

.

LEIA MAIS:
O que trazer de lembrança de Buenos Aires sendo original e gastando pouco
Compras, compritchas e o que realmente vale a pena em Buenos Aires.
Expectativa x realidade: As compras que eu (não) fiz na Rapsodia.
Las Pepas – Jaquetas, bolsas e sapatos de couro lindos para las chicas!
Isadora – Bijus com cara da Accessorize e preço da 25 de março!
Delta Del Tigre x Colônia Del Sacramento – Qual programa escolher com 1 dia livre em Buenos Aires?
Tours em Buenos Aires para fugir do basicão.
Buenos Aires pela primeira vez. O que visitar em 3 dias?
.